Home

Acesso



Receba por email

Informe seu email para

receber os artigos:

Quem está online?

Nós temos 126 visitantes online

Estatísticas

Membros : 97
Conteúdo : 531
Visualizações de Conteúdo : 3084529
 
Filha de Silvio de Santos disse que teve criação de classe média. PDF Imprimir E-mail
Escrito por Canal Eletrônico   
Seg, 05 de Março de 2012 16:18

 

Silvio Santos é sem dúvida um dos homens mais ricos do Brasil, entretanto, sempre fez questão de cultivar hábitos simples como o de dirigir seu próprio automóvel pelas ruas de São Paulo.

Em sua casa em Orlando, Flórida, EUA, onde passa suas férias de verão, ele preserva o anonimato, gosta de fazer compras no supermercado, de caminhadas em parques e andar pelas ruas despreocupadamente.

Até o seqüestro de Patrícia Abravanel no ano de 2001 a família não tinha motorista particular, as filhas se deslocavam utilizando-se de ônibus e metrô na maioria das vezes. Somente após o episódio traumático que Silvio adquiriu um veículo blindado e com motorista profissional, mas é sabido que ele nunca deu um automóvel de presente a qualquer uma das filhas, elas tiveram de adquirir através do próprio trabalho. É sabido também que todas começaram a trabalhar muito cedo.

Atualizado em Ter, 06 de Março de 2012 23:10
Leia mais...
 
Pais são condenados por bullying feito pelas filhas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Canal Eletrônico   
Ter, 28 de Fevereiro de 2012 16:34


Uma brincadeira de mau gosto na internet terminou com a condenação pela Justiça de Ponta Grossa dos pais de duas colegas adolescentes pela prática de ciberbullying. A família da vítima vai receber R$ 15 mil em indenização por danos morais. A agressão ocorreu em 2010 num colégio particular em Ponta Grossa e a condenação saiu neste mês. Os pais ainda podem recorrer.

 

Atualizado em Seg, 05 de Março de 2012 15:57
Leia mais...
 
Supremo mantém competência do CNJ para investigar magistrados PDF Imprimir E-mail
Escrito por Débora Zampier - Repórter da Agência Brasil   
Sex, 03 de Fevereiro de 2012 00:12

 

Débora Zampier
Repórter da Agência Brasil

 

Brasília – O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tem total independência para investigar juízes, segundo definiu hoje (2), por 6 votos a 5, o Supremo Tribunal Federal (STF). Os ministros entenderam que a Corregedoria do CNJ pode iniciar uma investigação contra magistrados – ou reclamar processo administrativo já em andamento nas cortes locais – sem precisar fundamentar essa opção.

Estava em pauta o ponto mais polêmico da Resolução 135 do CNJ, que foi questionada pela Associação dos Magistrados Brasleiros (AMB). O Artigo 12 da resolução determina que o CNJ pode atuar ao mesmo tempo em que as corregedorias locais e que as regras de cada tribunal só valem se não entrarem em conflito com o que determina o órgão de controle nacional.

Atualizado em Seg, 05 de Março de 2012 15:57
Leia mais...
 
Controle da Magistratura PDF Imprimir E-mail
Escrito por Ives Gandra   
Qui, 02 de Fevereiro de 2012 09:26

A recente crise desventrada para a sociedade entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Supremo Tribunal Federal (STF) - e que deverá ter solução definitiva em princípio do ano judiciário - merece reflexão exclusivamente jurídica. O primeiro aspecto a considerar é que a Emenda Constitucional n.º 45/04 não criou um controle externo da magistratura, como a grande maioria dos advogados desejava. Criou, isso sim, um controle ;interno qualificado;, visto que deslocou para uma instituição em Brasília o exame dos desvios funcionais dos servidores do Judiciário, principalmente dos magistrados. Assim é que, dos 15 conselheiros, 9 são magistrados, 4 representam instituições fundamentais à judicatura (2 advogados e 2 membros do parquet) e apenas 2 elementos são externos (1 representante do Senado e outro da Câmara dos Deputados).

Atualizado em Sex, 03 de Fevereiro de 2012 00:24
Leia mais...
 
Iracúndia sagrada: Triste Judiciário PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leonardo Boff   
Ter, 17 de Janeiro de 2012 11:41

 

MARCO ANTONIO VILA  é um conhecido historiador da Universidade Federal de São Carlos (SP). Faz ciência histórica rigorosa, com consciência ético-política. Por isso, vez por outra, intervem publicamente como cidadão em questões que nos envergonham, porque calamitosas. Este artigo dele saiu no dia 13 de dezembro de 2011 em O Globo. Republico-o indignado. O SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA  se encheu de tantos privilégios que se tornou desprezível. Ao invés de representar o direito, busca privilégios, ao invés de servir ao bem comum, serve ao seu bem corporativo. Esqueceu que é composto por  servidores públicos, pagos com o  NOSSO DINHEIRO. Estas vantagens que acumularam para si, são escandalosas e devem  ser denunciadas pois é rapinagem de nossos bolsos. Configura  falta de qualquer sentido ético e humanitário, sabendo em que pais vivemos, no qual milhões e milhões lutam penosamente para ter o suficiente e decente. E estes nababos não fazem da profissão um serviço público  mas um desfrute privado indecente com meios subtraidos dos outros. LBoff

 

Atualizado em Seg, 05 de Março de 2012 15:58
Leia mais...
 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»

Pagina 10 de 54